Pai, o teu destino é igual ao meu
Por tudo que recordo no momento:
Caminho com os olhos fitos no firmamento
Acompanhando de perto o passo teu.

Viver sem ambição e sem maldade,
Ser igual a quem nos deu a vida
É como a fera adormecida.
Que adormece para a posteridade.

Só mesmo o brio do teu passado humano,
A tua força e formação moral
Me fizeram o pai, tão semelhante e igual
Que deste destino tão bom eu me ufano.

A todos eu dedico o meu alento,
Com amor e com bondade assim eu prego:
Não nasci para viver de sofrimento,
A todas as maldades humanas eu renego.

Vivo contente e confiante em mim,
Não me alegra o desespero alheio;
E desconheço mesmo qual o meu fim,
Sinto repulso pelo próprio meio.

E o teu nome é feito, pai amado,
Levarei comigo bem guardado,
Como lembrança de todo universo.

Para que Deus com sua bondade eterna
Transforme os corações dos entes desta terra,
Daqui por diante não farei mais versos.

Ao Meu Pai

Comentários

Mensagens no seu e-mail

Trilha Sonora

Mensagens Relevantes