Seus olhos pesam
Mas não deseja dormir
Seu interior pede para correr
Mas não pretende fugir.
Sua alma reza
Enquanto suas mãos pecam
Seus lábios saciam
Enquanto a saliva seca
Seu coração pulsa
Quanto sua respiração ofega
Seus olhos tremulam
Enquanto sinto sua vida descendo
Pela minha garganta
Invadindo meu interior
Embriagando com sua magia
Com o frescor do orvalho
Tragado para suas entranhas
Não seja uma luz estranha
Eu desejo você
Da mesma forma que desejou
Viver dia após dia sem perder
O que é hoje...

Deite com os anjos e desperte ao meu lado
Eu posso lhe levar aos céus mesmo antes de desejar.
Deite-se nos meus braços
E eu serei um astro que nela para sempre ira brilhar.

Seus pensamentos pecam
Enquanto seus lábios rezam
Sua língua serpenteia
Enquanto seus dentes a mordem
Seus olhos suplicam
Enquanto suas pálpebras tentam esconder
Que até adormecer
Nos meus braços pretende se perder...

Até adormecer

Comentários

Mensagens Relevantes