Quando a noite chegar
Brilhe e espalhe seu brilho
E aproveite e perdoe-me
Por ter transpassado o mundo
Que nos dividia em dois
Não deixe o caminho
Não pense naquele passado
Já passou e talvez
Nada significou
Olhe para frente
Para o céu, de onde caiu
E ilumine os olhos
Daqueles que lhe observam
E mostre que a vida
Ainda pode trazer algo de bom
Brilhe estrela, brilhe
Para todos aqueles que puderem olhar
Brilhe estrela, brilhe
Para todos que querem lhe apreciar
Pois agora meus olhos estão furados
E o sangue escorre pelos meus dedos
A vida se descontrola num desatino
Mas sei que no final
Voltarei para meu lugar
E nele, da minha forma
O mundo irei apreciar
E aceitar, no fundo
Como sou e o que sou
E me perdoe pelas palavras
Sei que nada me deve
Porém me apaixonei
E me perdi em seu olhar
Mas agora, tudo parece perdido
E meu peito esta ferido
E sozinho e sem abrigo
Sei que vou me arrumar
Pois sou uma criação do mundo
Um suspiro de dor e amor profundo
Que não se perde
Pois tudo volta para a verdadeira essência
Apenas, seja feliz e caminhe
Pelas minhas terras,
Todo mundo.

Brilhe Estrela

Comentários

Versos Relevantes