Sei que tudo parece bonito, mas na situação que estamos, não seria o mais certo a ser feito. Sei que temos que pensar em nossa felicidade, contudo, vale lembrar que também vivemos a margem das possibilidades... Não sabemos o dia de amanhã, tudo pode dar certo, ou não.

Construímos nossas vidas e durante algum tempo, fomos felizes em nossos caminhos. Viver é uma constante adaptação e não sabemos se, mais cedo ou mais tarde, aconteceria a mesma coisa com nós, ainda mais por termos começado, do jeito mais errado possível.

Que fantasmas haveriam dentro de nossos corações? E se, terminássemos juntos, como lidaríamos com o nosso início? Quanto tempo demoraria para ficarmos com medo do fato novamente acontecer? Sabe, minha querida, nem todos nós somos perfeitos como queremos, e este é o ponto, não podemos esperar perfeição de ninguém.

Cada um tem seu jeito, cada um tem sua maneira de ver a vida e seguir adiante. Se hoje não aceitamos, temos que nos lembrar da época que tudo parecia para sempre... Onde tudo que desejávamos era simplesmente que tudo fosse um sonho... Algo bem diferente da realidade.

Mas, ainda nos resta os sonhos, o desejo, a felicidade de simplesmente estar perto e, se realmente fomos feitos um para o outro, mais tarde encontraremos a saída natural para que nosso amor possa florescer, em um novo terreno e não em um solo manchado por lágrimas de alguém que pela perda veio sofrer.

Você não sabe o quanto essas palavras amargam meu coração, mas talvez seja a nossa melhor direção, olhar nos olhos e sentir vontade de estar junto e não poder, querer tocar e saber, que se avançarmos esse sinal, muitas coisas podem acontecer, e em algum ponto mais adiante, até mesmo nossa felicidade morrer.

Carta de amor proibido

Comentários

Cartas Relevantes