Querido marido,

É com o coração nas mãos que sento para escrever está carta. Claro, preferia conversar pelo telefone, mas temo que acabemos discutindo mais uma vez. Não gosto de discussões, acabamos falando coisas que não queremos e muito menos que sentimos, mas, na hora da raiva, tudo é válido para ver quem dispara a mais dolorida pedrada. Por isso, decidi escrever e espero que leia, pois o faço com todo amor que sinto por você.

Relacionamentos não são e nunca serão fáceis, infelizmente, apesar do “a partir de hoje são apenas uma só carne” é só para ficar bonito na cerimônia. Continuamos sendo únicos, dependentes apenas do sentimento que nos trouxe até esse momento. Já tivemos muitas dificuldades, porém, conseguimos passar por todas... E não me diga que já nos conhecemos faz muito tempo, nem todo tempo do mundo será suficiente para nos conhecermos tão bem.

Vivemos sob influência constante dos problemas que nos cercam, das contas que temos que pagar e de todas as demais obrigações que, em alguns momentos, acabam com nosso bom humor. Sei que às vezes você se pergunta por que nos sacrificamos tanto sendo que nunca sobra nada... Não sobra, meu amor, como também nunca faltou. E é assim que temos que seguir, valorizando o que temos de melhor: o nosso amor.

Sei que às vezes, as coisas perfeitas como queremos, mas, meu amor, tudo é perfeito da maneira que é, estamos em constante aprendizado, sempre sentido aos nossos horizontes. E, nos últimos anos, temos aprendido muito um com o outro... Isso você deve concordar, mesmo às vezes nos parecendo mais com dois irmãos, de tanta paz que ronda nossa existência.

Mas nem sempre apenas a paz é o suficiente, às vezes uma discussão ou até mesmo um ciúme pode temperar aquilo que já é comum aos nossos lábios, porém, sempre bem-vindo e digno de saudades. Enfim, meu amor, peço que me perdoe pelo erro cometido, e nem quero pensar se o peito está ferido...

Não gosto de vê-lo sofrer, você é um homem muito bom, com seus defeitos, mas as qualidades superam suas faltas, e é o que me importa, ter alguém que ao meu lado, possa sempre estar aprendendo e continuando pelo caminho, sempre em busca de algo muito além do que podemos ter neste momento por não compreender.

Perdoe sua tola esposa que ainda tem muito que aprender, principalmente de você mesmo.

Carta de desculpa ao marido

Comentários

Cartas Relevantes