Que te amei!
Confesso.
Nunca duvidei.
Se por ti fui amado,
Ou se ao menos desejado,
Nunca te perguntei.
O certo é que te amo calado.
Desejar-te ao meu lado,
É tudo que mais quero
E querer-te é tudo mais que sei.
Se te amo? Sim!
Amo-te com muita paixão.
Se me amas...
Duvidar não quero,
Para mim, és a diva que venero,
Em cada momento de devoção.
És a minha prece contida,
O real desejo da minha vida.
És a essência do meu sentimento,
Do meu destino, és única a razão.
Amei-te como jamais amei.
Em silêncio sim, para segredar,
Nosso desejo sempre sufocado,
Nosso mistério, nosso doce pecado.
Amo-te sem poder a ninguém revelar
E assim sofro o prazer de apaixonar,
Vivendo uma mística solidão.
De ter-te distante dos olhos
Mas dentro do meu coração.

Confissão

Comentários

Mensagens Relevantes