Ninguém sabe as razões
E mesmo assim
Alguns gostam de julgar
E sem perguntar
Acabam deixando de lado
E tudo está ruim
Sem um lar...
Alguns fugiram
Trocaram de lugar
Existiu uma razão
Você parou pra perguntar?
Alguns se tornaram perigosos
Mas o que fazer quando
Não temos armas pra lutar?
Você já parou para se colocar nesse lugar?
Já imaginou debaixo de seus cobertores
Crianças deitadas no cimento
Gelada das ruas da cidade?
Já parou o que pode se passar
Por cabeças que aprenderam
As regras da rua?
Que não possuem nada
Além do hoje?
Sem perspectivas
Sem qualquer carinho
Estão soltas pelo caminho
E nada podemos fazer
Pois alguns, infelizmente
Enrijeceram para sobreviver
Tornando-se o reflexo
Dos olhos que os observam
Que nada mais são
Do que o próprio espelho
Que reflete a nossa frieza.

Crianças carentes

Comentários

Mensagens Relevantes