No céu reinava a lua,
Cheia, brilhante, perfeita;
Contudo, insatisfeita.

Procurava seu par,
Mas só encontrava,
Seu próprio reflexo no mar.

Certo dia se descuidou
E da sua hora de dormir, então passou;
Foi quando algo súbito aconteceu:
Uma imensa luz no horizonte apareceu.

Jamais havia visto algo igual,
Pois alternava, a luz da noite e do dia, com o sol.

Naquele momento,
Este encontro aconteceu
E a luz da lua,
O sol escureceu.

O mar ficou estarrecido,
Pois jamais havia,
O sol e a lua,
Ao mesmo tempo refletido.

Contudo, manteve-se sereno,
Entendeu a grandeza,
Daquele momento supremo.

Quando o sol no céu se colocou,
Lado a lado com a lua então ficou.

Foram olhares penetrantes
E um brilhava dentro do outro,
A cada instante.

E como em um eclipse total,
A lua se atirou nos braços do sol.

O inevitável então aconteceu:
O sol, na lua, um beijo deu.

Foi assim que esse romance começou
E a lua, pelo sol, se apaixonou.

Já eram dois no reflexo do mar
E naquele momento decidiram,
Nunca mais, um do outro se separar.

Por isso, se os dois juntos
No céu você perceber,
Procure os olhos desviar,
Pois se encontram,
Não apenas para iluminar.

Creio que você já percebeu,
Que você é a lua
E o sol sou eu!

Eclipse do Amor

Comentários

Mensagens Relevantes