Sei que já faz algum tempo,
Mas nem todo tempo
É suficiente para me fazer esquecer
Os dias que pude
Um pouco mais lhe conhecer
Todos os dias foram mágicos
Todos os dias foram diferentes
Pena que descobri tarde
A observar suas riquezas
Minha pobreza agora
É essa saudade que habita
E todas as palavras
Que nunca foram ditas
Sei que deveria dizer
Mas tive vergonha
Estava sem jeito
Para lhe mostrar meus desejos
E agora, tudo que anseio
É um dia te reencontrar
Se realmente existe
Algum lugar que nos permita
Mais uma vez se olhar
Fico esperando e desejando
E ensaiando cada palavra
Que gostaria de dizer
E enquanto esse tempo não chega
Lanço ao vento minhas palavras
Que ele leve para seus ouvidos
E que esteja realmente me olhando
E como eu, esperando,
Pelo momento de acertar
Tudo que foi feito errado
Agora eu queria estar ao seu lado
Mas sei que não é permitido
Nosso tempo é diferente
Mas saiba que digo sinceramente
Que a saudade que sinto
O tempo não foi capaz de apaziguar
E um dia... um dia
Sei que em seus braços
Ela poderei finalmente matar
Me resta rezar e esperar...

Eterna saudade de quem morreu

Comentários

Mensagens no seu e-mail

Trilha Sonora

Mensagens Relevantes