Que tal negociar... Não posso te dar o universo de fora
Mas posso lhe entregar com prazer este que nasce em meu olhar
Sei que não existe tanto brilho, mas tentaria te iluminar
E de brinde, ganharia o meu melhor jeito de amar...

Hei, que tal fazermos uma bela barganha? Eu te ajudo
Desde que devolva a respiração em minha boca sedenta
Posso até lutar por sua felicidade e lhe ajudar pelo caminho
Mas precisa prometer que me ajudará a sorrir...

Pois tudo que mais desejo é a felicidade da paz
A vontade de chegar em determinado lugar e me entregar
Depois de um dia de grandes batalhas e terríveis confusões
Que reine em meu lar, o ninho de todas as paixões...

Eu gostaria de poder comprá-la de alguma maneira
Colocá-la nos meus braços e embalar com carinho minha realização
Poderia lhe prometer o que não poderia cumprir
Poderia oferecer todo o universo só para em minha vida existir...

mas o que sou perto de tamanha grandeza? Até mesmo perto de você
Me sinto tão... O que seria de mim perto da lua, do brilho de seu olhar
Perto do sol, do calor de seus braços, do nascer do dia, de seu sorriso...
Me diz? Como lhe prometer algo que não posso dar

Então não me resta outra opção de ofertar meu coração
Colocar em suas mãos o universo de minha existência
O mundo que existe dentro de meus olhos
E uma parte de minha alma que sobrevoa o desejo quando passa

Meu amor... Eu lhe daria o universo se ele realmente fosse meu
Mas não é, e por isso ofereço o que posso lhe dar
Aceite o meu universo particular e me dê uma chance
De lhe mostrar como posso amar...

Eu daria o universo pelo seu amor

Comentários

Mensagens Relevantes