Por onde ela passa,
A rua se enche de graça;
Por onde caminha,
Abrem espaço até as pequenas pedrinhas.

A grama crescida
Deita-se toda oferecida.

Até as crianças que brincam na praça
Param de fazer tanta arruaça.

Ela caminha triunfante:
Suave, com charme, elegante.

Parece uma cinderela
Desfilando em plena passarela.

O velho assanhado,
Arrisca um olhar meio de lado
E até o padre de batina
Tropeça, ao olhar aquela menina.

Ela segue em frente,
Levando os olhos de toda gente.

Ao cruzar uma rua movimentada,
O guarda apitou
Para que todos fizessem parada.

Ouviram-se muitos assovios e "psiu!"..."psiu!";
Sequer olhou, seguiu...

Quando o sol se pôs forte no céu,
Uma nuvem se dobrou sobre ela
Como se fosse um enorme véu.

Num instante a chuva caiu
E só sobre ela o sol leve se abriu.
Caminhou até que ninguém mais pudesse ver;
O sol se foi com ela
E veio o escurecer...

Essa menina é você!

Menina

Comentários

Mensagens Relevantes