Aqui estou eu, mais uma vez sentado
Com cenas passando em minha mente
Dos tempos que valia a pena viver
Havia um mão para segurar nos momentos ruins
E sempre um sorriso para arranjar forças...

Agora, não há mais nada ao meu lado
Além de um vazio que me faz lembrar
Dos dias que se foram e que doem
Existem algumas miragens que
Ao tentar agarrar, elas se escondem
E mostram como a dor é terrível...

Minha cara amiga, você sabe
Que sempre foi o coringa de minha vida
Curou todas as feridas que encontrou no peito
Sempre me ajudando do seu jeito
Lembra de como estava perdido
Antes de você chegar no meu peito ferido?

Quando você chegou, tudo se movimentou
Um sentido especial aflorou em meus desertos
Tudo se tornou tão maravilhoso que parecia sonho
Você lembra como conseguiu me fazer sorrir?
Tudo parecia tão lindo, havia razão de existir
E, mal sabia que no final, seria como tudo que é bom
Terminando em uma manhã qualquer...

E agora, estou aqui, contando as estrelas
E cada sonho que compartilhamos juntos
As coisas poderiam seguir para algum lugar
Mas talvez nossos olhares não estavam
Conectados no mesmo horizonte
E agora que partiu, e que a noite chegou
Vou repetindo para mim mesmo
As suas mentiras...

Mas, quem dera, se tudo fosse real
Eu adormeceria em seus braços
E deixaria me levar pelo som de regaços.

Meu mundo parou

Comentários

Mensagens Relevantes