Minha querida,

você nem imagina o quanto me angustia esta situação de ter que encontrá-la sempre às escondidas, como se amar você representasse um crime.
Queria, sinceramente, encontrar uma fórmula para convencer os seus pais de que meu único pecado foi ter nascido uns poucos anos antes de você.
Se eles conseguissem perceber o quanto há de amor e carinho nessa minha insistência em estar contigo e em não querer deixá-la jamais, certamente olhariam para esta nossa relação com outros olhos, pois entenderiam que ao invés de significar uma potencial ousadia, esses anos que eu tenho a mais representam bom-senso e segurança de sentimentos; compreenderiam, finalmente, que eu não estou interessado apenas em brincar consigo, como se fôssemos duas crianças descobrindo os mistérios da vida e do mundo, mas que eu tenho, mesmo, uma proposta de futuro para nós dois.
Seria muito bom romper esta barreira que eles nos impuseram, amolecer um pouco a resistência deles, tentando argumentar assim, simplesmente com a verdade, sem partir para o confronto que só serve para piorar o clima entre você e eles e os torna ainda mais radicais.
Penso que se tivermos habilidade e diplomacia para convencê-los de que nossa diferença de idades não é motivo para que sejamos infelizes juntos - muito pelo contrário - talvez, dentro de pouco tempo já não tenhamos que nos encontrar furtiva e apressadamente.
Esta é a esperança de quem ama você demais. E amarei para sempre, com toda a certeza.

Beijos!

Minha idade não será empecilho

Comentários

Mensagens Relevantes