Tenho sentido sua falta, algo que é mais do que pele, acho que tem haver com alma, algo que esta impregnado nas profundezas de meu coração. Devo confessar que tentei tirá-la de mim, de uma certa forma, não era justo o que estava fazendo, contudo, hoje, de cabeça fria, penso que fizemos a coisa certa mas tomamos a atitude errada.
Acho importante na vida de alguém respirar um pouco, ainda mais em momentos delicados onde, infelizmente não podemos ajudar como gostaríamos claro, nós temos nossas limitações e, por mais que queiramos, nem sempre podemos chegar em algum lugar, as vezes, temos que nos contentar com o que podemos ter.
Demos um tempo, mas o tempo passou mais rápido que esperávamos, gerando uma enorme lacuna entre eu e você. Sei que estava do seu lado, esperando eu chegar para acertar as coisas, contudo, quando decidimos ter alguém do lado, a culpa deixa de ser apenas de um... Somos cúmplices, lembra? Se fiz alguma coisa que lhe causou algum mal, saiba que, infelizmente, ele pode ter sido um resultado de algo.
Essas coisas acontecem, as vezes é comigo e as vezes, com você. Já tive momentos assim, quando tive que segurar o momento enquanto estava nervosa, lembra? Eu tentei ter toda paciência do mundo e relevar os momentos e suas condições femininas, sim... Aceitei, cada momento, mas quando você começou a me deixar de lado... Sinto muito, minha cabeça entrou em parafuso e, não demorou muito tempo para chegarmos onde estamos agora.
Mesmo assim, estou aqui, tentando reaver alguma coisa perdida, talvez o tempo que passou tenha nos trazido um pouco mais de maturidade, talvez, você tenha aprendido algo, como eu tenho aprendido, você me ensinou muitas coisas e, quem me dera poder colocar tudo em prática ao seu lado.
Aprendi muitas coisas com sua ausência: aprendi a dar valor aos pequenos momentos, e também a apreciar o que esta a nossa volta, aprendi que ninguém é perfeito e tudo que conta, são os defeitos que podemos aceitar, aprendi que em determinado momento, uma mulher precisa mais de compreensão do que carinho, e também que inferno astral é complicado, aprendi contigo o que sempre tentei aprender: o que é o amor...
Porém, em algum lugar, acabamos perdendo os freios de nosso caminho e agora estamos aqui, talvez, perdidos um do outro, mas, depois de tanto pensar e pesar, decidi lhe escrever e perguntar se não gostaria de tentar mais uma vez... Agora, que sentimos (ou senti) o peso do mundo, talvez possa lhe dar as coisas da forma que precisa, pois sei que, como eu, precisa de determinadas situações, por isso, eu lhe peço:
Namore comigo de novo. Te peço, sei que nos perdemos por ai, mas nada nos impede de nos reencontrar e buscar nosso caminho... Namore comigo novamente.

Namora Comigo de Novo...

Comentários

Mensagens Relevantes