Nas próximas linhas, tentarei, de alguma forma
Demonstrar tudo que tenho aqui no peito
Essa dor dilacerante que parece dividir a alma
E que me arremessa para uma queda, é o efeito...

Efeito das palavras que foram ditas e que não voltam
Das atitudes erradas que tomamos quando a confusão
Domina a maior parte do coração e da razão
Eu perdi a cabeça minha querida e não sei o que fazer

Lhe disse tantas coisas, que é como uma faca
No meu próprio peito a penetrar minha carne,
Fui um tolo? Sim, um dos maiores possíveis
Ainda mais por te atacar, alguém que me faz amar...

Mas, que a felicidade reine sob seus pés
Nunca senti dor tão terrível assim e não sei se choro
Ou se liberto os meus mais belos sorrisos
Pois, somente sente o que sinto, aquele que verdadeiramente ama

Então, me perdoe minha querida razão de existir
Eu fui um tolo e gostaria de uma chance para lhe compensar
Eu prometo, com sua ajuda, tentar e conseguir
Me redimir a cada dia, só para lhe mostrar que quero te amar

No fim de todas as atitudes, a dor tem uma maravilhosa lição
De nos ensinar que precisamos valorizar aquele ao lado
Para que continue por perto, sempre habitando nosso coração
Pois quando nos vemos sozinhos, nenhum caminho parece mais certo.

Nunca sofri tanto por alguém

Comentários

Mensagens Relevantes