Ando procurando
uma metade
deve ser sincera...
senhora da sua identidade
única e que deseje ser amada
autêntica...com alma e coração
Que seja perfeitamente imperfeita
e ainda infantil em sonhos
adulta em suas atitudes...
Ando procurando mais
momentos de felicidade
uma mulher intensa
que complete a minha metade
e que esteja próxima...
mesmo que distante
uma mulher insana
que me fascine em cada toque
sem receio dessa proximidade...
Ando procurando um complemento
um amor que ajude a somar
e a dividir todos os momentos
Que seja crédula em Deus
e acredite em amores impossíveis
que caminhe sem medo ao meu lado
e que capture minha alma
Metade mulher, outra metade musa
sem ser perfeita...
que goste de desbravar mundos
ou apenas o meus espaços mudos
Ando procurando
procuro...olho... um olhar perdido
um verso... uma harmonia pura
onde possa despertar desejos
fragmentos dum pequeno poema
para começar a amar e ser feliz
Sou poeta sim,
imperfeito ser humano
virtualmente perfeito,
viciado em aromas e cheiros
em momentos intensos e freqüentes
cheios de calafrios nas noites de amor
onde os poemas ganham vida
e as mãos empunham lápis
açoitando suavemente as folhas de papel
onde crio...transcrevo nossos momentos
sem cortes, cheios dos mais intensos
insanos...repletos de amor e tesão
Ando procurando
a deliciosa sensação
de estar atado à outra pessoa,
a entrega total de si mesmo
um amor recheado de romantismo
desse tipo de amor extinto
mas que acredito ser verdadeiro
Minha metade é mulher...
que seja curiosa...
com belas histórias e carícias amorosas
Ando procurando um olhar
aquele tipo que me faça
brilhar...iluminando a alma
que em seu próprio sentido
mesmo em prosa e verso
é indecifrável... sem algo parecido...
unico e que faça o meu tipo
Ando procurando um algo mais
um ser com palavras certas
e atitudes poéticas...
um amor que faça com meu coração
uma fantástica alquimia carnal
Minha metade é quase invisível
mas não é impossível...
é um espectro de luz...
e até mesmo uma miragem de amor
Ando procurando essa metade
de curvas imperfeitas... saliências desenhadas
retas torneadas...vontade plena,
que vive na palavra e sobrevive...
ilesa em meus sonhos de poeta
Minha metade é dona de um sorriso
que convida... provoca e ordena
implora...sem ter medo de ser amada...
Ando procurando a tanto tempo
que escrevi esta declaração
misturada com os meus sonhos
devaneios... desejos dum poeta solitário.
Procuro...busco...
continuo minha interminável busca
a busca pela felicidade eterna...
Mas nunca esquecendo:
"... que seja eterno enquanto dure..."
já dizia um poeta amigo...

Par perfeito...

Comentários

Mensagens Relevantes