Quem sou
Além de um ser que escreve o sentimento
Tenho muitas coisas para oferecer
Basta você querer ver
Mas quero observar teu sorriso
Brilhando de longe
Iluminando o caminho
Daqueles que seguem tua luz
Então, salve-me da pesada cruz
Diga-me se prefere me ver partindo
Não posso ficar olhando em teus olhos
E avistar um passado que não deixa morrer
As marcas ainda cobrem teus lábios
Enquanto meus desejos cobrem tua imagem
Será que é melhor partir
Deixar as coisas correrem para seus devidos lugares
Mas será que não sou seu verdadeiro paraíso
Se isso for realidade
Terás sempre um lugar no meu peito
E poderás contemplar no reflexo de meus olhos
A beleza que tanto desejou
Mas lhe digo minha querida
As flores nascem e perfumam o ar
Então guarde minha lembrança
E meu sorriso de criança
Mas somente ficarei se desejar minha presença
Então diga
O que podemos esperar de amanhã ?
Eu durmo esperando ouvir tua voz
Teu brilho e tudo mais
Sei que caminhamos para um lugar que não conhecemos
Sei que corro o risco de despertar sozinho pela manhã
Mas prefiro arriscar em um sorriso que não sei se irá nascer
Do que esperar para ver a lágrima escorrer
Eu olho o mundo que está lá fora
Ele espera pelo meu brilho
Pois faço parte de todas suas maravilhas
Então quando meus olhos deixarem de brilhar em teus dias
Não temas a escuridão de minha ausência
Pois sempre estarei por perto
Basta apenas chamar pelo meu nome
E brilharei no céu e segurando tua mão
Levarei-a pelas ruas escuras e lhe deixarei nos degraus que nos levam ao paraíso...

Quando meus olhos deixarem de brilhar

Comentários

Textos Relevantes