Ainda sinto

A ternura dos seus beijos

repetidos, sôfregos,entremeados

de delicadas mordidinhas...


Ainda entrevejo

a urgência dos seus desejos

querendo engolir distâncias,

iludir o tempo, maquiar a rotina...

Prolongar indefinidamente nosso acaso,

fugir do ocaso.


Viver as loucuras do momento,

com a consistencia da certeza,

e a intensidade de um caso passageiro,

me amando por inteiro!

Uma frase, um epitáfio...


O poeta, choraria se soubesse,

que foi levado tão ao pé da letra.

E sorriria talvez, ao saber,

que tudo passou, o tempo levou,

mas o amor, infinito, perdurou...

Que não seja imortal...

Comentários

Mensagens Relevantes