Já escrevi faz algum tempo da saudade que sinto dos teus doces beijos,
E mesmo eles tendo (e sendo...) essenciais junto com tua presença pra minha sobrevivência,
Tive ( e tenho) que guardá-los no coração a sede de tê-los só nos meus desejos;
E exercitar muito neste ano que se passou até a minha não humilde paciência...

Infelizmente nossos afazeres e deveres pré-assumidos nos "tomaram" as oportunidades,
De estarmos juntos mais vezes e nas duas houve muitas "testemunhas" ao redor,
Como tentarei aqui sozinho driblar o tamanho da minha saudade;
Se ao estar contigo só quero que aconteça o que há de melhor....?

Outro fato que me constrange o coração é esta falta de comunicação prolongada,
À tal ponto de verificar os canais mais usados e neles nada ultimamente encontrar,
Até parece que longe de mim tu te te encontras 24 horas por dia "vigiada";
Sem ter uma só chance de comigo se (re) contactar...!

E é diante destes fatos que não me trazem agora nem ânimo nem esperança,
Que sempre ao olhar pro céu vejo se me mandou algum recado,
Há aqui comigo um sentimento que jamais cansa;
Porque tenho que ter a certeza de que por ti assim mesmo continuarei sendo Amado...

Se os teus lábios longe de mim se encontram na maior parte dos meus dias,
Tuas lembranças sempre estão bem vivas em meu coração,
Quero por demais reencontra-me contigo e recuperar a alegria;
E ganhar todos os beijos há muito prometidos e desejados com toda a emoção...

Como recompensa desta nossa longa espera empreendida quero também teu abraço,
Vou querer também sentir teu perfume e impregná-lo em meu corpo com o teu calor,
Meu corpo inteiro te deseja e sem você muitas vezes não sei ainda o que faço;
Porque sei que estou preso à ti e sinto que sem você não terei valor...

Quisera poder invadir teu quarto numa hora qualquer sem aviso e até de forma inesperada,
Tornar-te-ia minha minha refém e fazer você pagar o resgate deleitando-me em amores,
Sei que você toparia ficar comigo num lugar à sós bem isolada;
E ao possuirmos um ao outro cessaria de vez todos os nossos temores...

Não desejo de forma alguma que de mim tu se esqueças,
Não desejo de forma alguma que eu não volte à ter o seu carinho,
Não desejo de forma alguma que meu Amor em ti não permaneça;
Não desejo de forma alguma que eu tenha que seguir sem ti o meu caminho...

Desejo sim e por demais os teus doces beijos que me trarão a alegria de viver,
Desejo sim o calor do teu corpo à me envolver numa doce e louca ventura,
Em todos os dias penso em como eu poderei sem este Amor sobreviver;
E quero novamente receber o néctar da vida que vem dos teus lábios com tanta doçura...!

Saudades do teu beijo

Comentários

Mensagens Relevantes