Escrevo está carta pois cansei de me virar de um lado para o outro da cama, estou cansado de ficar acordado, contando os segundos ao som dos ponteiros que se arrastam rapidamente. É um desenrolar triste, sabia? Além de contar os dias que estamos longe, traz a certeza que sem você por aqui nada é como era antigamente.

Estou roendo as unhas, estou contando as nuvens, estou tentando encontrar minha razão em algum lugar de sua impressão, suas mãos dançaram sobre minha casa, no banheiro, ainda posso sentir seu perfume e, nesta cama, tudo que posso sentir é o frio de sua ausência, a certeza de quando você estava aqui, tudo era simplesmente melhor.

Neste inverno, sinto sua falta, o frio corta minha alma e me traz a viva lembrança que você não está neste momento por aqui, quem me dera poder lhe abraçar, poder lhe beijar, me entregar sobre a maciez de sua pele, ter de volta esse porto seguro maravilhoso que descobri em seus braços, esse maravilhoso manancial de prazer e desejo que encontrei nas margens do céu de sua boca...

Quem me dera estivesse por aqui para lhe contar tudo que não fica certo sem você, mas infelizmente, não tenho como entrar em contato, e tudo que posso fazer é confidenciar meus pensamentos para este papel, desejando que o meu desejo se transforme em sonho e que na calada da noite, invada sua tranqüilidade e lembre que eu existo e que continuo aqui, esperando uma nova chance para aproveitar e descobrir de todas as formas como ao seu lado ser mais do que feliz.

Sinto falta de seu calor neste inverno

Comentários

Cartas Relevantes