Não me pergunte como sei,
E muito menos como descobri...
Acho que foi vivendo,
Caindo, correndo e morrendo
Você sabia que morremos
Um pouco a cada dia?
É tão óbvio que mal damos importância
E quando perdemos a oportunidade de viver
Nos desesperamos e nos perguntamos
Por que?
Por que deixar tudo para a última hora?
Por que achar que sempre haverá uma oportunidade?
O amanhã é imprevisível e o amor
Deve ser feito agora
E muitos esperam irem embora
Para pensar no que deixaram de fazer
É muito mais fácil para se arrepender
E eu não quero morrer arrependido
Quero olhar para trás e sorrir
Me atirar nos braços do fim e descansar
E saber que fiz o melhor que podia
Desde o primeiro dia
Claro, tive minhas falhas
Memórias que queria apagar
mas esses espinhos se tornam freios
Para jamais ousar
E a vida vai seguindo
Rumo ao horizonte, ao amanhã
Ao verdadeiro caminho da felicidade
Um dia após o outro
Onde a felicidade pode estar
em qualquer lugar
Tudo que precisa pra encontrar
É continuar
Seguir em frente
e não esquecer
Que as oportunidades
Devem ser vividas
E não esquecidas
Para um dia, serem lembradas
As inspirações nascem
Quando temos força pra viver
Amanhã, talvez o mesmo desejo
Não terá o mesmo peso
Que almejo...

Só há um caminho para a felicidade

Comentários

Mensagens no seu e-mail

Trilha Sonora

Mensagens Relevantes