Toda aquela dor faz parte da lembrança
Nunca imaginei que sorriria novamente,
Como uma criança
Você me trouxe a liberdade dos sentimentos
Posso sentir sem medo de cair
Você é aquele sol que nasce
Todas as manhãs para clarear minha vida
As dores de meu passado
São apenas sombras na calçada
E nada mais do que recordações
Que transformo em degraus
Para finalmente poder beijar sua boca
Agora que está por aqui
Quero lhe dizer que preciso que fique
Não até amanhã ou semana que vem
Mas até um dos dois partir
Eu te amo, preciso dizer
Antes de você sair, para você voltar
Todas as noites para meus braços
Onde o amor nos espera para abraçar
Dando sentido a tudo que viemos a passar
Agora tudo nada mais é que sombras
A realidade caminha na luz de seu olhar
Que não só me fez apaixonar
Como nasceu em uma manhã tão linda
Só para me salvar...

Sombras na calçada

Comentários

Poesias Relevantes