Quando me perguntaram se iria deixar de te amar
Soube no mesmo momento o que responder
Quando os oceanos se tornarem secos
Ou quando as estrelas caírem do céu
Quem sabe...
Mesmo assim, quem sabe... quem sabe
Esquecerei de seu sorriso, do modo que me chama
Do carinho que cuida de mim quando preciso
Somente quando as estrelas caírem
E mesmo assim, não posso dizer com todas as palavras
Pois com certeza vou querer estar perto
Para tornar os segundos tão preciosos quanto
Uma vida inteira que vivi
Uma vida sem você nada mais é que um intervalo
Um misero segundo perdido a um passo do paraíso
Por isso, tenha plena convicção
E digo das profundezas de meu coração
Somente quando o ar deixar de ser invisível para ser visto
Depois que todos os oceanos finalmente secarem
Assim que os desertos se transformarem em mares
Quem sabe deixarei de te amar neste plano
Para esperar você durante mais alguns tantos anos.

Somente se as estrelas caírem

Comentários

Poesias Relevantes