Em todos meus momentos escuros
Não estava sozinho, sempre
Havia aquela luz ao longe, sempre
Me sorrindo... me chamando...

O medo, sempre venceu minha força
Também, como um homem como eu
Depois de tantas quedas, pode ainda
Inventar de acreditar em alguns sonhos?

Mesmo assim, nas profundezas do ser
Havia uma ponta de esperança que não queria ver
Algo que queria mas temia acreditar
Por medo do sonho se acabar...

Ainda mais quando é alguém, que sonhei
Praticamente minha vida inteira, tentando imaginar
Como seria estar ao seu lado, como seria
Ser seu namorado, como seria estarmos apaixonados...

Durante muitos sois e luas, fiquei sonhando
Imaginando como seria todo o nosso caminho
Mas, não tinha coragem de arriscar, me chame
De covarde, mas é a verdade... não quero negar

Tinha medo de te perder de vez, me satisfazia em sonhar
Desejava muito poder realizar, sentir você mais perto de meus braços
Do que de um simples olhar, um simples desejar
Queria você por perto para de qualquer maneira te amar...

Eu sonhei com você a vida inteira e como quis realizar
Não sei bem o que dizer para você em mim acreditar
Mas sinto que é o momento de confessar, que os sonhos terminem!
Pois se tornam mais reais a cada noite sem você...

E, não sei, mas sinto que devo lhe dizer, tudo que sinto por você
De dois caminhos pegaremos um: ou seguirei solitário como sempre
Ou você me dará sua mão para juntos realizarmos nosso destino
Pois dizem que o sonho nada mais é que o passeio de nossas almas

E, sei que em meus sonhos, você me aceita com todo seu amor.

Sonhei a vida toda com você

Comentários

Mensagens Relevantes