Ontem você foi meu mar
E naveguei sobre tuas curvas
Minhas mãos, eram remos
Que deslizavam sobre tuas ondas
Teu gosto temperado
Quando salpicado em minha boca
Me deixava ainda mais apaixonado
E como sentia todas suas extremidades
Em uma vibração louca...

Subitamente, suas ancas me jogaram para fora
E mergulhei em sua profunda intimidade
Minha mente divagou entre a vida e a morte
E inesperadamente, me vi voltando a tona
Quase expulso de seu reino
Cansado e sem forças para lutar
Ao longe avistei uma ilha gêmea
E em sua maciez deixei-me descansar
E quando a noite caiu sobre meus olhos
E meus lábios foram despertados pelos teus
Começamos novamente o que não deveria ter acabado
Eu tinha certeza que em seus braços seria perdoado...

Contudo, no horizonte distante eis que o olho iluminado
Como uma maldição começou a te arrastar para longe
E quando finalmente abri os olhos, você não estava mais
O mar já havia desaparecido, restando apenas a lembrança
De um sonho pela minha paixão, um sonho de criança
Que tenho esperança de um dia poder contigo realizar...

Sonhos de paixão

Comentários

Mensagens Relevantes