Como uma pluma, você pousou em meus campos
Tão levemente que mal senti a sua presença
Mas, quando dei por mim e notei você por perto
Sabia que o eterno amor, seria o certo...
Você pode não acreditar, mas, em algum lugar
Lá nas profundezas de nosso ser
Percebemos quando algo grandioso esta para nascer
E contra isso, por mais que neguemos, não podemos lutar
Estas são, as pequenas sutilezas do bom amar,
Quando chega em silêncio e aos poucos, toma seu lugar
Vem geralmente para ficar, habitar e alegrar
Os dias negros que se foram para justamente se clarear.
Você pode não acreditar, mas às vezes podemos acertar
Sentir nas profundezas da alma quem vem para ficar
Basta apenas um olhar e deixar-se um pouco se levar
Para acreditarmos no que podemos em nosso caminho encontrar
Como enfim, encontrei você, alguém perfeito do jeito que deve ser
Alguém que não me deixou pintar com minhas próprias cores
Mas que mostrou com amor e carinho novidades e outros fatores
Que devolve a decência e a razão de exterminar todos os amores.

Sutil e eterno amor

Comentários

Mensagens Relevantes