Minhas mãos parecem tremer, meus pés ficam inquietos, finjo estar prestando atenção em algo ao meu redor para disfarçar tamanha ansiedade de estar ao seu lado. Tento fugir do seu olhar, mas é sempre inevitável, eles me fazem enxergar um outro lado de mim, que ate mesmo eu desconhecia. É incrível como me embaralho toda, perco as palavras ou então…falo mais que a boca, me sinto literalmente como uma criança. Existe tanto que preciso falar, mas o orgulho, o maldito orgulho prende as palavras na minha garganta, me impedindo de finalmente, me libertar. Essas palavras que podem trazer lágrimas de dor ou risos de alegria, trazer ódio ou amor, palavras, sempre as palavras…Mas um dia irei ter coragem, coragem de dizer tudo aquilo que com certeza ele já sabe. Não entendo exatamente isso que meu coração resolveu sentir, de uma hora pra outra, sem ao menos pedir permissão. Mas pelo que sei, isso é o que chamam de amor.

Você em mim

Comentários

Mensagens Relevantes