Amor antigo




O amor antigo vive de si mesmo

Não de cultivo alheio ou de presença.

Nada exige nem pede. Nada espera,

Mas do destino vão negar a sentença.

O amor antigo tem raízes fundas,

Feitas de sofrimento e beleza.

Por aquelas mergulha no infinito,

E por estas suplanta a natureza.

Se em toda parte o tempo desmorona

Aquilo que foi grande e deslumbrante,

O antigo amor, porém, nunca fenece

E a cada dia surge mais amante.

Mais ardente, mas pobre de esperança.

Mais triste? Não. Ele venceu a dor,

E resplandece no seu canto obscuro,

Tanto mais velho quanto mais amor.



+ Mensagens:

Autor(a) da mensagem: - Mensagem lida 22303 vezes.

Categoria dessa mensagem: Mensagens de Amor


Comentários:





Ouvindo agora: Guns N' Roses - Patience
 

Percy Bysshe Shelley
As almas encontram-se nos lábios dos enamorados.


 
Parte do conteúdo do site é retirado da internet e/ou enviado por leitores.
Caso algum texto infrinja direitos autorais entre em contato que adicionaremos crédito ou retiraremos a mensagem.
© 2007-2015 PaixaoeAmor.com - Todos direitos reservados