O pensamento imortal é belo
Quem dera poder viver sem o medo de morrer?
Que belo seria caminhar sem medo de sofrer
De saber que por mais que tentassem
Nada poderiam fazer para lhe ferir...

A beleza eternizaria nos lábios
Sem rugas, sem marcas
Apenas a beleza de um rosto juvenil
E puro... simplesmente, puro.

Quem não gostaria de dormir hoje e despertar em outro século?
Descobrir que toda a aparência mudara
Mas que os seres viventes continuariam com seus primórdios
A natureza destrutiva persistente em cada dia do novo dia...

Quem não gostaria de olhar para o amanhã sem medo?

O pensamento da eternidade é belo
Mas ninguém olha para a beleza interior
Somos um frasco de perfume que retém a essência
Que com o passar dos anos, o que resta é apenas
O cheiro sublime e quase falecido do que um dia foi.

Quem não gostaria de viver para sempre?

Mas você aceitaria pagar o preço
De ver as pessoas indo e vindo a todos os instantes
Dizem que os erros nos ajudam a acertar
Mas, para isso uma boa reflexão é algo importante
Ou seria apenas uma forma a mais de dizer
Que fizemos tudo o que estava ao nosso alcance?

Depois de muitos anos caminhando pelas trevas
Aprendi muitas coisas, a refletir e filosofar
A dizer o que penso e a calar
E arrepender pois, até o mais negro dos homens também possui
Uma consciência
Repleta de essência e vida como qualquer outro...
... que deseje desafiar a morte e todos os seus desafios.

Quem não gostaria de viver para sempre?
E quem suportaria ver todos partindo
Menos você.

Veja mais textos relacionadas:
VidaMorteConsciência

Consciência Humana

Comentários

Textos Relevantes