Você poderia me contar, ao menos explicar
Não entendo, será que, quanto mais bem
Tratamos, mais somos pisados e esquecidos?
Às vezes me pergunto se realmente sou o amante.
Talvez seja apenas um passatempo
Uma daquelas máquinas sempre prontas para funcionar
Sei que me subestimo, mas o que posso fazer
Sinto medo de te perder...
Mesmo assim, gostaria que melhorasse
Como eu tentei mudar, em um relacionamento
Nada melhor do que cada um fazer a sua parte
Estou tentando fazer a minha, estenda a mão.
Pois preciso sentir o calor para sentir-me vivo
Preciso sentir o abraço para me sentir em casa
Preciso de você por perto para me sentir segura
E deixar tudo passar quando necessário.
Mas, me diz, depois de uma declaração assim
Por que me magoa? Por que está sempre pronto para lembrar
Que somos tão diferentes e que mesmo assim,
Temos que seguir na mesma direção...
Simplesmente não entendo seu jogo
E mal sei se está contra ou a favor
Tudo que sei era que não deveria
Ainda mais quando existe amor.
Mas talvez, seja apenas eu o responsável
Talvez seja somente eu aquele que vê
Enquanto você, passa despercebida
Fingindo que nunca fui nada pra você.

Veja mais textos relacionadas:
tristezamágoa

Porque me magoa tanto

Comentários

Textos Relevantes