Este é meu mundo
E nele posso ser quem desejar
Posso ser uma tempestade
Ou o ar para respirar.
Nele viajo pelo universo
Conheço lugares distantes
Muito além da compreensão
Muito além da imaginação.
E é neste mundo que busco pela salvação
Dos dias corridos que passam
Tão depressa pelas nossas vidas
Sabe, muitas vezes caminhando por aí
Vemos tantas coisas tristes
Que fugir para um lugar tranqüilo
Muitas vezes nos coloca novamente em riste.
E você conhece meu mundo
Um lugar onde podemos ser quem desejamos
Um lugar livre de toda opressão
De toda cobrança...
Não existe nada que não podemos fazer
Não existe nenhum lugar que juntos não podemos conhecer
Não existe ninguém que mal nos possa fazer
Pois aqui, no silêncio
Encobertos pelo frescor da noite
Somos quem desejamos ser
Eu posso ser teu Ulisses
E desbravar os mares, lutar contra os deuses
Por um momento de teu beijo
Você pode ser minha sereia
E com seu canto me encher de desejo
Eu posso ser o sol que acaricia sua pele
E você pode ser a noite que sempre me traz: você!
Este é o nosso mundo, onde somos que desejamos ser
O mundo dentro de outro mundo
Que vivemos todos os dias, abertos a todo mal que nos rodeia
Mas aqui, não existe guerras, discórdia ou misérias!
Tudo que existe, são duas pessoas que inventam um mundo melhor e eclético...
No espaço que chamamos de cibernético,
Onde nós lançamos ao espaço de nossa paixão
Onde o limite é apenas, a nossa realização.

Veja mais textos relacionadas:
Mundo

Um mundo em outro mundo

Comentários

Textos Relevantes