Gemidos de prazer

Nessa página você irá se emocionar lendo mensagens sobre Gemidos de prazer.
Certamente esses recados irão tocar seu coração!
Seus sentimentos irão aflorar com essas mensagens.
Um pouco de otimismo, esperança e romantismo, todos temos de ter.
Nessa página existem um total de 12 pensamentos referentes a Gemidos de prazer.

Anúncios


Agradecer pela noite de prazer

Sentir teus lábios roçando os meus
Sentir teus braços me envolvendo
É algo que não dá para descrever
Tudo que posso dizer: quero sempre viver.
Pois quando estamos presos na intimidade
Sinto que não sou mais uma simples metade
Me torna inteira, uma estrela cintilante
Brilhando com tanta alegria para todos os olhos.
Eu me sinto bem quando sinto você em mim
E quero que essa sensação me acompanhe até o fim
Pois ter você por perto, transforma tudo em certo
Por isso, que a próxima noite volte a acontecer.
Pois em seus braços quero me entregar, me deixar levar
Eu preciso sentir esse sentimento me queimando
Pode parecer que não, mas sei que estou te amando
E desejando, cada vez mais ser um pouco mais sua...
Por favor, que venham outras noites, que me faça tua
Que me ame com tanta intensidade ao ponto
De nos tornarmos algo inteiro e não metades
Eu preciso de você, essa é a verdade...
Pois quando estou ao seu lado, tenho significado
E quando nossos corpos estão conectados
Sinto que somos uma parte inteira de uma vida
Que se inicia no momento em começamos a nos amar.
Adriano Villa


Amor de Uma Noite

Já fui apaixonada e não deu em nada, já amei não deu em nada.
Me entreguei de corpo alma e coração e só encontrei sofrimento e magoa.
Agora não tenho mais tempo para esses amores que causam danos.
Hoje tenho a alma lavada e o coração vagabundo, sinto amores por todos e nem um.
Vivo a intensidade do momento, a cada dia amo profundamente alguém e ninguém…
Sinto a doce brisa da liberdade batendo em meu rosto,sinto o gosto dos amores vividos.
Devoro com fome de felina cada corpo e cada sexo que entrega-se mim…
Chego a ter no corpo arrepios de tesão em cada boca beijada, abraços e delícias de carícias.
Prometo amor e paixões eternas até que a noite termine, dou prazeres e flores.
Desconhecido


Desejos

Passa por aqui um minuto,ou meia hora,talvez um dia...
E deixe em meu rosto um beijo
O roçar das pontas de seus dedos em meu corpo
E nos meus olhos um pouco da luz dos seus
Quem sabe um abraço...
Palavras sussurradas em meus ouvidos
O respirar apressado no meu pescoço
Um beijo mais demorado...
A pressão de seu peito contra meus seios
Também um pouco de prazer...queria tanto...
Nossos corpos se movendo
Lentamente ao princípio
Meu corpo todo sendo envolvido por seus abraços
E quando partir ao final do dia,ou da noite,deixe comigo a certeza do retorno
Importa é que você volte
E na volta traga seu sorriso
Os lábios entreabertos para o beijo
O corpo transbordando de desejos
Sedento por prazer...

Regina Bertoccelli


Anúncios


Flor do prazer

Esse seu corpo macio e cheio de curvas...
onde sempre me perco em uma volta qualquer
parece uma floresta ou o próprio paraíso.
quando me deito em seus braços vejo o infinito
no céu de tua boca, sinto a névoa que cai do teu suor
mergulho na mais límpida agua do teu sexo
me perco entre o emaranhado dos teus cabelos
quando me deito na relva dos teus seios...
estes pontiagudos montes macios,que se encaixam,
em minha boca sedenta por seu gemido,
com calma e lentamente encaminha minha boca
ao lugar mais escondido do teu corpo, onde encontrarei,
a flor do teu prazer,pousarei minha boca sobre ela arrancando-lhe
suspiros e gritos! sugarei cada pétala do seu sexo
sugarei seu lábios carnudos,abrirei suas pernas e egulirei seu desejo
ate a ultima gota de gozo que sair por entre sua pernas vindas de sua
flor do prazer...depois durma tranquila!
Eva


Me Tocas

Quando me tocas eu me transformo
Viro nem sei o quê
Começo a pensar que estou voando
Que estou andando
Numa estrada do passado
Penso que sempre fui tua amada
Então tua mão desce devagar pro meu peito
Eu penso
Este mundo é perfeito
Trouxe o homem que eu buscava
Depois tua mão desce mais
Aí eu já estou louquinha
Quero que me digas baixinho
Seja minha, seja minha
Eu sou
Claro que sou tua
Tua mulher, tua fêmea, tua
E tua mão vai me excitando
Eu vou me entregando
E já não penso em nada
Só quero me entregar
E prazer proporcionar
MALENA41


Nós

Na linha que separa o limite entre a loucura e a razão,
Encontrei você e me perdi...

Ondas de tormentas e calafrios abrigam meus sentidos
E entrego-me ao êxtase do momento.

Dança de ilusões...
Movimentos mágicos ,
Corpos saciados
Alma aflita

Nos jogamos aos extremos
Prazer, dor
Plumas e cacos de vidros
Diversidade de sentidos conquistados

Fincamos raízes profundas,
Em cada galho florescemos
E lançamos mais sementes
Ao vento...

Os pássaros encantados
Ajudaram na germinação, e em coro
Cantaram a mais bela canção
Mas desprezamos.

A lua cheia brilhou intensamente
Nos iluminou naquela escuridão de sentimentos,
Não percebemos.

O pio da coruja me fez lembrar que preciso ir...

Como não sei para onde
Qualquer lugar me serve e,

Permaneço...
Ro Primo


Onde está você

Onde está você meu homem,
Meu menino, meu lamento,
Minha canção de amor?
Saudade de nossas noites- dias
De fazer amor com você
Até o amanhecer...

Saudade de suas mãos em meu corpo
De sua boca me aquecendo....
Saudade dos passeios da sua língua
A explorar cada canto do meu corpo
Como se fosse o primeiro a ser descoberto
Como se fosse a primeira vez
Saudade de sentir seu gosto na minha boca

Saudade de sentir você dentro de mim,
Me enlouquecendo...
Me alucinando...
Sentindo você por inteiro...
Saudade de ouvir seus gemidos de prazer
Saudade do seu cheiro de homem
Quero você mais uma vez...

Quero sentir seu corpo
Quero sentir seu calor
Quero sentir seu prazer
Deixa eu te amar mais uma vez?
Deixa minha boca te enlouquecer
Deixa minha língua passear pelo seu corpo
Deixa o meu corpo delirar de prazer

Te fazer meu homem
Ser tua fêmea
E delirar de prazer...
Sentindo você uma vez mais...
Apenas mais uma vez...
Saudade de você...
Vilgata


Onde está Você?

Onde está você meu homem,
Meu menino, meu lamento,
Minha canção de amor?
Saudade de nossas noites-dias
De fazer amor com você
Até o amanhecer...

Saudade de suas mãos em meu corpo
De sua boca me aquecendo....
Saudade dos passeios da sua língua
A explorar cada canto do meu corpo
Como se fosse o primeiro a ser descoberto
Como se fosse a primeira vez
Saudade de sentir seu gosto na minha boca

Saudade de sentir você dentro de mim,
Me enlouquecendo...
Me alucinando...
Sentindo você por inteiro...
Saudade de ouvir seus gemidos de prazer
Saudade do seu cheiro de homem
Quero você mais uma vez...

Quero sentir seu corpo
Quero sentir seu calor
Quero sentir seu prazer
Deixa eu te amar mais uma vez?
Deixa minha boca te enlouquecer
Deixa minha língua passear pelo seu corpo
Deixa o meu corpo delirar de prazer

Te fazer meu homem
Ser tua fêmea
E delirar de prazer...
Sentindo você uma vez mais...
Apenas mais uma vez...
Saudade de você...
Vilgata


Prazer em conhecê-la

Como tem passado minha querida
Você acreditaria em mim se lhe dissesse que lhe espero há anos?
E se lhe confidenciasse que lhe conheço melhor que você mesma?
Sabe essa ferida que sentes nas profundezas? Eu posso curar... você sabia?

Prazer em conhecê-la é o que posso dizer de imediato
Ainda não sei seu nome, talvez nem importe
Ao menos para mim, quanto para você...
O que temos a perder antes da própria morte?

Prazer em conhecê-la mas tenho que confessar
Eu preciso ir mais longe para compensar
Não ligue para mim se começar a querer partir antes do sol raiar
Você tem que manter sua língua dentro de sua boca nos momentos corretos, querida.

Prazer em conhecê-la, seja agora uma espécie de sombra
que vive apenas mediante ao sol,
nas margens do desejo de entregar-se e não poder
Prazer em conhecê-la, lhe apresento um pouco de meu mundo.

Vamos fazer uma troca
Eu lhe entrego as chaves para entrar neste mundo
E você doa o que preciso para manter-me nele.
Eu serei um anjo falando em seu ouvido esquerdo
E também serei um demônio gemendo no direito!!!

Prazer em conhecê-la, minha querida desta noite
Apenas desta noite, não questione os porquês
Na verdade, para muitas coisas não existe explicações
Então não pergunte: quando, nem quanto, nem como estou aqui
Apenas seja você mesma pelo menos por esta noite pois pela manhã
Já não será a mesma...

Prazer em conhecê-la
Seja minha amante por esta noite e
Será assim como és pela eternidade!!!
Prazer em conhecê-la
Adormeça ao meu lado
E desperte para outra realidade...
Adriano Villa


Quero me perder em seu corpo

Quero me perder em seu corpo, lamber cada gota do seu suor, sentir seu membro latejante e ardente dentro de mim, que espera quente e úmida.

Quero que você sinta o meu mel, e se delicie enquanto eu entro em êxtase...

Gemendo, uivando de tanto prazer...

Quero sentir seu gozo, jorrando deliciosamente, quero depois, senti-lo na minha boca, lambendo, chupando, e me deliciando de tanta volúpia.

Te quero, Te adoro Beijos doces e calientes...
Desconhecido


Sede de você...

Queria ser líquida, para escorrer em cada pedacinho do teu corpo;

Queria ser mineral, para me beberes com vontade;

Queria ser o mar, para tuas mãos brincarem soltas, onde nadarias incansavelmente, e por fim darias o mergulho mais profundo, onde o prazer não teria limites!

Depois deixarias teu corpo solto...boiando... nesse mar aberto... pronto para te receber novamente!
Desconhecido


Uma noite apenas!

Nosso corpos juntos
numa noite inflamada
neste instante nosso
um momento a parte
onde o desejo transborda
nesta noite intensa
Uma noite de amor
...noite de vida
vivida e plena de desejo
plena de felicidade!
...de felicidade terna
Ficará para sempre...
registrada como inesquecível
noite de amor intenso
Nossos corpos ávidos
cálidos de desejo e tesão
frases roucas...
nossas roupas espalhadas
Nossas mãos inquietas
palavras ternas...
expressadas com amor
e com aquele desejo embutido
Caricias repletas...
Bocas entreabertas que se tocam,
Línguas que se buscam...
no céu estrelado do universo
Lábios quentes...
Toques ardentes e intensos
outros explorando curvas...
saliências...elevações...
Ruídos gemidos agudos
Sons indizíveis!
com um arfar incansável!
Palavras inteligíveis!
Corpos esguios...soldados...
tatuados com o suor
Movimentos vadios...
Pensamentos impuros...
Momentos inseguros!
Levante, relevante...marcantes...
Movimentos ritmados
num vai e vem interminável
até o ápice dos sussurros
gritos...gemidos vencidos
nesta noite intensa
interminável...plena...
noite de amor carnal!
Fouquet


Curta Nossa Fanpage

Siga a gente no G+

Mensagens no seu e-mail

Últimas Mensagens Cadastradas