Modelo de dedicatoria de livro

Nessa página você irá se emocionar lendo mensagens sobre Modelo de dedicatoria de livro.
Certamente esses recados irão tocar seu coração!
Seus sentimentos irão aflorar com essas mensagens.
Um pouco de otimismo, esperança e romantismo, todos temos de ter.
Nessa página existem um total de 7 pensamentos referentes a Modelo de dedicatoria de livro.

Anúncios


Dedicatória aos pais falecidos

Quem parte deste mundo,
Parte por alguma razão
Já aprendeu o que devia
Agora é partir pra imensidão.
Resta a saudade, o vazio
O espaço na cadeira
Que ainda parece ocupar
O fim do capítulo
Uma nova história pra escrever
Em algum outro lugar
Sob um novo tipo de amanhecer
Não adianta chorar
É preciso rezar
E ter na mente
Pensamentos de luz
Para que reluz
E mostre o caminho
E a felicidade faça sua parte
De consolar o coração
Daqueles que choram em vão
Quem foi não retorna
Da mesma maneira
Se um dia acontecer
Nada irá se lembrar
Nem mesmo a despedida
Por isso, não deixe de amar
Quando os olhos ainda
Possuem luz
Não deixe-se perder
Por um braço
Que não quer torcer
Continue seguindo o passo
E agradecendo por cada dia
Amando quem pode
Dedicando e respeitando
Pois a vida é um capítulo
Que não sabemos
Quando chegaremos ao fim
Por fim, navegue nas palavras
Agora, venha perto de mim
Pois mesmo muito distante,
Posso te sentir
Espero que perdoe minha falta
E que prepare o caminho
Para minha chegada
Em nossa morada
Em algum lugar do desconhecido
Que atrás da morte está escondido.
Adriano Villa


Dedicatória de amor

Meu amor e minha vida
Curador de minhas feridas
Lhe dedico todo meu calor
E todo meu amor.

Pois depois de sentir teu toque
Senti a vida me preencher
Algo mágico que por medo
No primeiro instante vim a correr.

Mas, cai diretamente em seus braços
Perdendo todo meu compasso
Encontrando abrigo e um lar
Nesta tua preciosa forma de amar

E neste momento maravilhoso
Pude criar asas e voar
Saboreando a liberdade
Que só recebem aqueles que descobrem o amar

E para você, meu querido amor
Lhe entrego meus sentimentos
E todo o meu calor, em nome
Das maravilhas que agora me alimento

Por você e por tudo que tem me trazido
Te chamo de meu amor, muito mais do que querido
Algo necessário para encontrar meu caminho
E jamais estar novamente sozinho.
Adriano Villa


Dedicatória de Amor Aos Pais

Certa noite, acordei chorando.
Meus olhos o buscavam com muita ânsia de encontrá-lo. Quando mais que rapidamente, entrastes pela porta adentro; com a respiração bastante ofegante vindo em minha direção.

Recordo-me que te abracei e de olhos ainda fechados, não sabia o que te dizer; apenas te sentia bem próximo a mim.
E minhas lágrimas cessaram com a tua presença.

Ainda me recordo das balas trazidas por ti, em suas viagens... Da chegada, sempre acompanhada de um abraço; do suor em tua face e da alegria de retornares ao lar. E quando me olhavas com o ar sério para me chamar a atenção, terminavas querendo saber se tudo já estava bem.

Recordo-me também de uma única vez que te vi chorar... Foram lágrimas que hoje talvez., entenda o motivo: " excesso de amor "! E aí o tempo passou... passou... E tu continuas aí: me observando; me esperando gritar teu nome... Sempre de prontidão...

Só que hoje pai; hoje eu cresci... Não só no tamanho, mas na idade também... Os olhos ainda são pequenos, mas meus sonhos são maiores... E mesmo sabendo, que estás aí; quero hoje caminhar sem teus braços a me amparar...

Quero " tropeçar " e depois " continuar"... Quero " cair " e depois " levantar "... Quero " chorar " e depois " sorrir "... Quero " perder " e depois " ganhar "... Quero " não ser " e depois " ser "... Quero " correr o mundo " e voltar ao " ponto de partida "... Quero simplesmente " errar " para depois " acertar "... Quero " brigar " para depois " amar "... Quero " sentir frio " para depois sentir " calor "... Quero me " molhar" para depois me " secar "... Quero " olhar para você " e dizer não somente " pai "; mas poder dizer junto deste " pai ", um " pai e amigo "...

Eu cresci pai... Mas ainda te tenho tão próximo a mim, que tenho medo de que me vejas chorar e corra novamente ao meu encontro... Que faças por mim o que sempre fizestes, sem me deixar "tropeçar; cair; chorar; perder; não ser; correr o mundo; errar; brigar; sentir frio; molhar; olhar para você " ...

Por isso pai; também depois de "grande", só me vistes chorar como você, uma única vez... E ainda, depois de ter passado a infância, a adolescência e a fase adulta que me encontro; talvez ainda tenha que esperar a velhice, para ter coragem de dizer que " te amo"...

E aí pai, estaremos ambos bem velhinhos e choraremos juntos; talvez lamentando o tempo que passou e que não tivemos coragem de nos dizer verbalmente que nos amávamos... Porque apenas demonstramos, através de atos (creio que você, mais do que eu), que nos amamos...

E sem tua fantasia de Super Homem, protetor de teus filhos; choraremos de emoção e nos abraçaremos dizendo : " Te amo " ! Obrigada meu Pai... E desculpe-me por me achar " grande " para não te preocupares mais comigo...



Dedico a todos os pais, que se fazem presentes na vida de seus filhos e com o excesso de amor, os tornam esperançosos por serem "grandes" e de quererem correr riscos, com a certeza de vencerem no final.
Marcia A. Silva Zauza


Dedicatória de pai pra filho

Faz muito tempo que não te vejo
Muitos aniversários, natais e centímetros
Será que ainda pensa em mim?
Será que me culpa por algo?
Se sim, eu não lhe culpo, realmente sou culpado
Sei que deveria ter lutado mais,
Mas, algumas coisas são da maneira que devem ser
Nem eu sei como explicar
Mas queria que soubesse que sofro com a saudade
Que no meu coração existe um buraco
Que só poderá ser preenchido por você
Torço para que um dia, quando estiver grande
Venha me ver e me perdoar por tudo
E riremos de algumas coisas
E choraremos por outras, e sinceramente
Não me importará o tempo que perdemos
Pois poderei acariciar seu rosto mais uma vez
Dar um beijo com todo meu amor e lhe sentir
Entre meus braços, ver que se tornou um lindo homem
E mesmo sem te conhecer direito, te amar...
Ah meu filho, quanto tempo não nos vemos
Quantas saudades um coração pode conter?
Às vezes acho que estou prestes a explodir
Eu olho para as estrelas e sei que elas, sabem onde você está...
E que Deus tenha colocado pessoas maravilhosas em seu caminho
Só para amenizar a minha distância, para lhe proporcionar tudo que precisa
E quem sabe, se tornar uma pessoa melhor, pois você
Para mim é e sempre será o melhor de todos...
Adriano Villa


Dedicatória para mãe

O que eu poderia oferecer
Para alguém que me deu
Todas as oportunidades
Que tenho para viver?

Como posso compensar
Todas as noites em claro
Sinônimo de amor raro
Que de todos, é o mais caro?

Como posso ficar altura
De um sentimento arrebatador
Que jamais nos causa dor
Somente quando deixamos

De compartilhar o mesmo plano
Quando seguimos adiante
Quando nossos passos naturais
Nos levam para longe demais...

E a saudade e o vazio
Nos preenche com seu frio
E a vontade de abraçar
É tudo que podemos desejar...

Por isso, sem saber o que lhe dar
Como provar que sou grato
Aceite todos os dias meu abraço
E todo o amor que posso dar

Mãe, não existe maneiras de agradecer
Por seu intermédio, vim a nascer
E graças a você, me tornei quem sou
E sem saber o que dizer

Só posso afirmar que te amo
Neste e em qualquer outro plano...
Adriano Villa


Dedicatória para minha filha

Filha, minha pequena flor querida
Não se esqueça que o mundo
É cheio de armadilhas
Que você precisa estar atenta
Quem me dera ser eterna
Só para sempre ao seu lado estar
Mas infelizmente
Isso é impossível, improvável
Por isso, quero que saiba que
Tudo, tudo que fiz você passar
Tudo que tentei ensinar
Foi para simplesmente aprender
E saber os caminhos a seguir
Para sempre não estarei aqui
Não ao alcance de sua mão
Na compreensão de sua visão
Poderei estar por perto de alguma maneira
Mas te vigiando distante
E sussurrando em seus ouvidos
Os caminhos que precisa ouvir
Então, me perdoe por às vezes
Parecer mais chata do que devia
Mas, penso no dia
Que não estarei por perto
Para lhe mostrar o caminho certo
Que terá que aprender
Mas, de alguma maneira
Estarei perto, só para saber.
Adriano Villa


E Fim...

Faz tanto tempo.. e mesmo assim, parece que foi ontem. Nunca mais nos falamos e faz mais de um mês que não tenho notícias suas. E é como se um buraco estivesse em meu peito. E ele me lembra constantemente que algo está faltando. Ainda não consegui seguir em frente. Não me acostumei com a sua ausência, embora ela sempre tenha sido constante em nossa história. Não consigo achar em outra pessoa, o que você me dava: felicidade.
E mesmo depois de tanto tempo, tantas lágrimas e noites mal dormidas eu ainda espero você me ligar perto das onze pra dizer que está cansado da faculdade e que está com muita saudade e que precisa me ver agora. E sonho com você todas as noites. E quando acordo dói tanto. Porque eu sei que foi só um sonho e que você não está mais aqui, comigo.
Ainda não consigo deixar de ver os seus recados, não consigo achar normal meninas do seu lado. Sempre me pergunto 'onde será que você está?' e 'está pensando em mim?será que está com saudades?' E sinceramente não sei nenhuma dessas respostas. O que sei é que você está longe. E, do fundo do meu coração, espero que estejas feliz. Pelo menos um de nós precisa estar.
Muitas vezes, pensei que tinha conseguido me libertar ao menos um pouco de você, mas ao ouvir uma música ou uma frase que você me falou, o meu mundo desaba. E eu admito, não sei fazer o seu jogo. Não pratico o desapego. Me envolvo e me dou por completa. Não apenas me relaciono.
Quando você foi embora, não sei o que aconteceu comigo. Foi muito mais que um término de um romance. Foi uma dor física. Foi sentir o coração - literalmente - em pedaços. Hoje as faltas de ar, não são pelo mesmo motivo.. São pela falta que você me faz. Tento ser forte e conseguir esquecer de você. Mas esquecer, me lembra você e eu volto a ficar triste. Até escrever, que sempre foi meu refúgio hoje já não faz mais sentido. Ninguém aguenta mais ler sobre a mesma coisa. Só você, você, você.
E é por isso que me decidi de uma vez por todas. Ou esqueço você ou esqueço de mim. Então resolvi esquecer você. Esse é o último texto. E espero que o tempo, me faça esquecer, ao menos um pouco o que você me fez passar. Você, que eu já pensei que fosse toda a minha vida, foi apenas um capítulo. Talvez o melhor de todos. Mas só um. E o livro, vai continuar sendo escrito. Pouco a pouco. Até aparecer um ponto final para esse roteiro.
Yasmin Pípolos


Curta Nossa Fanpage

Siga a gente no G+

Mensagens no seu e-mail

Últimas Mensagens Cadastradas