Poesias de Amor

Poesias lindas. Rimas e sonetos em lindos poemas para emocionar alguém.

As sem-razões do amor

As sem-razões do amor

Eu te amo porque te amo,
Não precisas ser amante,
e nem sempre sabes sê-lo.
Eu te amo porque te amo.
Amor é estado de graça
e com amor não se paga.

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Eu te amo porque não amo
bastante ou demais a mim.
Porque amor não se troca,
não se conjuga nem se ama.
Porque amor é amor a nada,
feliz e forte em si mesmo.

Amor é primo da morte,
e da morte vencedor,
por mais que o matem (e matam)
a cada instante de amor.
Carlos Drummond de Andrade


Poema romântico

Não prometerei as estrelas,
E muito menos a lua
Para mim, nada é mais belo
Ou valioso que você.
Desculpa, mas essa é minha opinião
Sua presença faz bem ao meu coração
Por isso, lhe entrego com carinho
E prometo nunca deixar sozinho.
Pois quem me dera ser
Tudo que precisa para nunca
Pensar em seguir outros caminhos
Assim ficaria para sempre por aqui.
Venha, deixe-me mostrar
Todas as maravilhas do mundo
Sei que as conheci depois de te conhecer
Mas é por isso que quero viver.
Agora, toda minha vida se resume em você
Não consigo ver sentido estando longe
Por isso, fique sempre por perto
Você realmente é meu destino certo.
E por você iria até os céus
Atravessaria os oceanos
Mas não para lhe trazer nada
Mas sim por que te amo.
Desculpa, mas nada ao meu redor
Consegue ser mais belo e desejável que você
E esse amor devotado, só me indica
Que simplesmente nasci pra você.
Adriano Villa


Ainda estou aqui

Como vai
Ainda estou aqui
Esperando por você
Me lavo na chuva de sua saliva
E me seco no calor de seus lábios
Ainda estou aqui
Pois tenho um caminho a zelar
E pra que perder
Sendo que podemos vencer
Sabe
Ontem espalhei palavras ao vento
Quis ver as sementes de meu pensamento
Germinando em seus campos
Sei o que guardas dentro de si
E não quero apenas sentir
Por um momento tudo o que pode mostrar
Então
Seja como for
Venha
De qualquer for irei lhe proteger
Estará ao meu lado
E um futuro novamente poderá Ter
Pois caminho para o horizonte de minha realização
E tudo que desejo é apenas Ter alguém ao meu lado
Capaz de compartilhar as belezas que meus olhos avistam
Nadar nos mares de uma paz antes não vista
Ainda estou aqui
Para assombrar tuas noites quando estiver distante
E saiba que ao adormecer
Lembrará de meus lábios que desejam no silêncio
Um boa noite pra você...
Ainda estou aqui
Buscando tua presença em minha vida
Então, por que não deixa caminhar ao teu lado
Esqueça as lágrimas que derramou
E pense no caminho que tanto esperou
Eu sei que posso dar o que precisa
Então, não tire a chance de nossa felicidade
Pois quando esta perto sinto a paz
Mas quando sinto que estamos nos distanciando
As terras começam a tremer
Anunciando um possível padecer...
E será que caminharemos em paz amanhã
Sabendo que acreditamos que a felicidade estava próxima
Mas decidimos não arriscar... por medo de tentar...
Venha depressa, segure em minha mão
E vamos curar nosso coração...
Adriano Villa


Qualquer coisa

Qualquer coisa
Para ter o seu sorriso
Me diz
O que posso fazer
Para merecer
Um instante de seu beijo
Qualquer coisa
Para ser
Instigante desejo
Me diz
Revele seu segredo
E quem sabe
Poderei me satisfazer
E para sempre me lembrar
Da primeira vez
Que senti o seu amor
Qualquer coisa
Para sentir seu calor
Compartilhar seu sorriso
Caminhar abraçado
Apaixonados pela praia
Qualquer coisa
Para sentir sua pele
Completamente contra a minha
Observar seus olhos fechados
Seus sussurros velados
Teu hálito junto ao ouvido
O coração quase explodindo
Qualquer coisa
Do brilho das estrelas
Até o frescor do carvalho
Só para sentir você
Tão perto e tão certo
De meus sentimentos
Atormentados
Por um desejo
Que nasceu da imaginação
De como seria seu beijo.
Adriano Villa


Poemas de amor

Você é o ar que preciso para viver
É a luz que preciso para ver
E a vida que preciso continuar cultivando
Ainda tem dúvidas que continuo te amando?

+

Sem você o mundo jamais será o mesmo
Por isso, peço por gentileza de estar sempre por perto
Pois somente a maravilha de sua presença
Já transforma o errado em certo.

+

Sei que não tenho muito para oferecer
Quem me dera poder dar muito mais
Mas, infelizmente tenho minha limitação
Mas espero que se contente com meu coração.

+

Te amar é como estar finalmente vivo
E com uma razão para seguir pelo caminho
Depois que te conheci, aprendi os segredos do carinho
E perdi completamente a vontade de seguir sozinho.

+

Meu amor, você é tudo que preciso para ter a força
Para continuar em busca de meu verdadeiro caminho
Por você, sou capaz de lutar e atravessar oceanos
Só para provar o quanto eu te amo.
Adriano Villa


O único sentido é você

Vem, fazer do jeito que você me acostumou
Dos dias cinzas, minha bela flor desabrochou
Com a cor de seus olhos e o brilho do sorriso
Que sempre me procurou...

Vem, me trazer a vida para correr por minhas veias
Como fadas encantadas em busca de um lar
No meu coração, campo livre para podermos amar
Sorriso verdadeiro, felicidade no ar.

Vem, que o tempo ainda corre para o mar
Que o sorriso ainda pode mais brilhar
Que meu sentido é onde quer que você esteja
Pois ninguém mais do que você tem passagem

Pelos portões deste meu coração
Que deseja o tempo inteiro te amar
Te querer para sempre é meu maior desejo
Pois sem você, nada tem jeito.
Adriano Villa


Sombras na calçada

Toda aquela dor faz parte da lembrança
Nunca imaginei que sorriria novamente,
Como uma criança
Você me trouxe a liberdade dos sentimentos
Posso sentir sem medo de cair
Você é aquele sol que nasce
Todas as manhãs para clarear minha vida
As dores de meu passado
São apenas sombras na calçada
E nada mais do que recordações
Que transformo em degraus
Para finalmente poder beijar sua boca
Agora que está por aqui
Quero lhe dizer que preciso que fique
Não até amanhã ou semana que vem
Mas até um dos dois partir
Eu te amo, preciso dizer
Antes de você sair, para você voltar
Todas as noites para meus braços
Onde o amor nos espera para abraçar
Dando sentido a tudo que viemos a passar
Agora tudo nada mais é que sombras
A realidade caminha na luz de seu olhar
Que não só me fez apaixonar
Como nasceu em uma manhã tão linda
Só para me salvar...
Adriano Villa


É tão fácil dizer

Vamos subir até as estrelas
E navegar entre os círculos de fogo
Entre neste mundo inóspito
E verá que até mesmo nas trevas existe algo para apreciar
Existe algo além do que se pode ver para se olhar.
Venha enquanto ainda estamos por aqui
Os dias se arrastam
E mal percebemos que o ontem
Um dia foi o futuro que esperamos
E não temos muito tempo.
Os ventos sopram rumores de uma nova era
E tudo que caminha sobre a terra
Um dia se deitara
E voltaremos para o seio
Para alimentar e saciar a verdadeira fome...
Para o verdadeiro lar que esquecemos de voltar...
E todos os passos que não demos serão lembrados
E todos os erros que fizemos serão lastimados.
Então, venha enquanto o dia esta em nossos olhos
Existe um mundo que você precisa conhecer
E não só de sangue que se vive os sugadores
É preciso de mais que bons amores
Para sobreviver nas margens de um mar de dissabores
Venha, o dia esta claro!
E podemos navegar pelos mares negros
Ainda poderemos pegar o expresso para o amanhã.
Uma estação que nunca chegará
Como um livro que se estende até o final de nossos dias
Sobrevivendo em capítulos
Respirando entre as vírgulas e se perdendo em reticências
Chega, onde esta aquela carência?
Queimada na fogueira de nossa inquisição
Suas cinzas se espalham com os restos do pecado
Que nossos próprios olhos malignos
Conseguiram enxergar na pureza clara de um inocente
A maldade ditada pelos signos
Investimos nossas vidas em um caminho escrito nas estrelas
Mas que fora levado pelos nossos pés
Até os limites de nossos dias
Nos restos de um ontem vivido
De um amanhã esperado
E de nenhum futuro encontrado
Nas margens plácidas de um sorriso
Nas encostas onde acorrentado fora Prometeu
Aquele que por amor ao homem, se perdeu.
Adriano Villa


Pelo calor de meu beijo

Não olhe em meus olhos por muito tempo
Eu verei isso como um desafio
Não pergunte sobre a beleza que no rosto sustento
Você não faz ideia do tipo de meu alimento.

Não abra sua alma
Não deixe seus pensamentos transbordarem
Eu posso ler a sua mente
E ser tudo aquilo que precisa...

Eu posso ter um brilho nos olhos como o nascer do sol
Posso ter o calor de uma tarde ensolarada de verão nos lábios
Posso ter uma brisa refrescante entre meus braços
Posso ter a erupção de um vulcão em cada dedo de uma mão.

Não olhe nos meus olhos por muito tempo
Tempo é tudo que um ser paciente pode compreender
Você talvez não saiba muito sobre o que vem amanhã
Mas, o que importa, sendo que hoje em dia podemos viver ou morrer.

Mas, não perca sua alma para quem esta sob o céu
Pagando pelos mesmos pecados
Estando na mesma altura para um ser divino
Que aos seus olhos somos todos iguais!

Não navegue pelos oceanos de meus olhos
Não se embriague no doce veneno de minha saliva
E, não olhe em meus olhos, minha criança
Dizem que são as portas para a alma, não dizem?

Então, e se você ficar presa em meus pensamentos
Conhecendo não somente o que esta por cima da pele
Mas também os labirintos de meu interior
Os calabouços sujos e repulsivos de minha alma
Assim você entenderá aquele sorriso lascivo
De apenas desejo e fome
E tua alma aos poucos será consumida
E todos os sonhos se tornarão contos de fadas
O mesmo que um dia decidira-se esquecer
Mas que hoje veio a lembrar
E foi a razão do padecer e foi teu desejo
Ser amaldiçoada pelo calor de meu beijo.
Adriano Villa


Olhares e juras de amor

Meus lábios anseiam os teus
Meu corpo deseja tua pele quente
Encostada junto ao meu peito
Numa guerra de corpos
Numa troca de fluídos
Olhares e juras que aos poucos
Vão se perdendo na imensidão dos dias
E de repente você olha para o mundo
E pergunta: porque?
E num instante toda realidade
Torna-se um sonho saudoso
Um desejo trancafiado e silenciado
E nas tuas profundezas
Aquele que um dia disse
Eu serei sempre o escavador de sua mina
De repente não aparece
E subitamente os pensamentos buscam a justificativa
Teria ele encontrado outras fontes de minérios?
E os pensamentos crescem desordenados
Como uma imensa torre de babel cerebral
E a sombra da desconfiança se acomoda as suas costas
E todos seus passos parecem viajados
Como se alguém lhe escondesse algo
Como se alguém fizesse as coisas em tuas costas.
E os caminhos largos se formam estreitos
E sob tua paz um campo de batalha surge
E abre uma trincheira para se proteger das asneiras
Que teu eu doentio suspira aos teus ouvidos.
Se ele faz... por que não fazer?
Quem ama concede, quem concede ama
Quem tem ciúmes também ama e quem não tem, chamo de confiança.
Quem lhe procura antes de dormir é aquele que não lhe procura apenas para cama
Afinal, um casal é uma forma de caminharem para algum lugar
Juntos, em busca de algo comum, a realização de ambos
O amor não vive aos anos com o mesmo ardor da adolescência
Mas sobrevive com o sentimento que somente o tempo pode nos dar...
A paixão é a chama que arde, que queima, que transpira
O amor é o alimento que nos leva a viver cada dia
Com a mesma pessoa em nossa vida.
Adriano Villa


Poesia para padrasto

Meu querido amigo, posso te chamar assim?
Poderia chamar de pai, mas sabemos que você não é
Pelo menos não do mesmo sangue
Mas o que importa: sangue ou amor?
Eu prefiro o amor e isso você é muito maior
Sempre pronto para me ajudar e apoiar
Me conhece tão bem que as vezes penso
Se os meus pensamentos pode adivinhar.
Eu agradeço por Deus ter me trazido alguém como você
Capaz de suplantar um espaço para alguém que não está onde deveria
O mundo o levou para longe e Deus sabe o por que
Mas não irei ficar pensando e nem me chatear, você está aqui.
Quero que saiba que o que sinto por você
É tão verdadeiro que poderia dizer que sou biológico
Mas é muito mais do que amor, é um respeito
Que vai além de todos os limites lógicos
Pois você tem sido muito mais do que pode imaginar
Tem sido a pessoa perfeita para nos deixar amar
Um sentimento que conquistou pela maneira de ser
E por todo esse tempo, que juntos, estamos a viver.
Obrigado por estar sempre por perto, por ser alguém
Que posso contar em todos os momentos.
Adriano Villa


Manhã de primavera

Quando o sol nascer sobre suas curvas
Iluminando todo espaço a sua volta
Sinta no calor ameno, meu abraço
Te envolvendo com amor e loucura.
Como doces brumas dançantes
Em horizontes deslizantes
Sobre contas e vagas do mar
Que parecem nosso nome chamar.
Que nesta manhã, nova e primaveril
Que os pássaros anunciem seu despertar
Mais um dia de vida, mais um dia para amar
A vida que está ao nosso alcance
Que não pode esperar, pois cada momento
É único para vivermos e nos realizar
Por isso, levante-se e sorria para a vida
Que lhe espera do outro lado da porta
Para receber o sentido que somente você pode dar
Caminhando pelo mundo, tentando buscar
Uma razão diferente em cada novo passo que segue
Sem deixar nada passar.
Adriano Villa


Somente se as estrelas caírem

Quando me perguntaram se iria deixar de te amar
Soube no mesmo momento o que responder
Quando os oceanos se tornarem secos
Ou quando as estrelas caírem do céu
Quem sabe...
Mesmo assim, quem sabe... quem sabe
Esquecerei de seu sorriso, do modo que me chama
Do carinho que cuida de mim quando preciso
Somente quando as estrelas caírem
E mesmo assim, não posso dizer com todas as palavras
Pois com certeza vou querer estar perto
Para tornar os segundos tão preciosos quanto
Uma vida inteira que vivi
Uma vida sem você nada mais é que um intervalo
Um misero segundo perdido a um passo do paraíso
Por isso, tenha plena convicção
E digo das profundezas de meu coração
Somente quando o ar deixar de ser invisível para ser visto
Depois que todos os oceanos finalmente secarem
Assim que os desertos se transformarem em mares
Quem sabe deixarei de te amar neste plano
Para esperar você durante mais alguns tantos anos.
Adriano Villa


Eu não queria... Mas tenho

Um dia eu lhe disse que o dia de hoje chegaria
Não imaginei que seria tão cedo, mas, quem diria
É como estar anos ao seu lado
E sonhar com um beijo... desejo enamorado.

Eu tinha outros planos para mim
Não queria que as flores murchassem
Neste dia, com tal fim
Eu queria que tua beleza buscassem.

Minhas palavras erradas e perdidas
Meus sonhos marcados e revirados.

Eu não queria... mas preciso
Pois também tenho uma vida para viver
Os restos que ainda posso correr
Olhando para os lados... lembrando disso.

Dê meus sonhos tão lindos e infindos
Dê meu silêncio tão casual e tão normal.
Adriano Villa


Poemas emocionantes para professores

Queridos mestres, quero que saibam
Que vocês são como sóis raiando
Em um novo amanhecer
Iluminando o desconhecido com seu saber.
Mestres, é com prazer que abrimos a boca
Para dizer palavras, não poucas
Comparado ao tudo que sempre fizeram
Dedicando-se completamente e com esmero.
Tão eloqüentes ensinamentos, capazes
De serem similares a faróis que iluminam
A navegação pelo mundo que se descortina
Mestres, agradecemos, por tantas matinas
Que se dedicaram a corrigir e ensinar
Mestres, que o conhecimento
Sempre esteja do lado daqueles que buscam
E daqueles que querem passar
Pois o aprendizado é algo para ser alcançado
E agradecemos pela paciência de tantas anos
Afinal de contas, jovens sempre querem se divertir
Mas graças aos bons, que sempre tivemos vocês
Para nos ensinar que neste mundo
Existe lugar e hora para tudo.
Adriano Villa


Poesia de filha para pai

Pai, quero lhe dizer
Que você é meu herói
Não é meu bandido
Como disse a canção
Nunca me tirou nada
Pelo contrário
Só felicidade trouxe
Para minha vida
Algo que me deu
Com todo seu amor
Pai, quero que saiba
Que você é meu porto seguro
Que é o principio
De todo meu mundo
Que sem você
Estaria sem saber
Para onde ir no final de tudo
Pai,
Sei que às vezes
Nos desentendemos
Mas, não se preocupe
A sua menininha
Ainda está crescendo
E por mais velha que eu seja
Pai, eu sempre
Sempre serei a sua princesa
Pois esse termo
Que o senhor me deu
Mostra a minha riqueza
Vista por seus olhos
Um amor tão grande
Que não há como não perceber
Pai, te amo
Obrigado por me permitir
Viver ao lado de alguém
Como você.
Adriano Villa


Relacionamentos

Não consigo mais ver sentido em mim
Sem você ao meu lado.

As noites sem você são tão claras
Que tudo que posso fazer
É rever nossos momentos
Sem um segundo esquecer.

Não vá embora, nem ouse pensar
Depois que você chegou aqui
Tenho plena certeza que as coisas
Jamais seriam mais as mesmas.

Você é tudo que sempre desejei
Um verdadeiro tesouro, em você encontrei.

Te espero não somente para chegar
Mas o momento que não iremos mais nos separar
E todos os dias adormecer e ao nosso lado acordar.
Adriano Villa


Um coração de poeta

Não se preocupe
Com o significado das palavras
O coração dói, parece partir
Mas, eis as palavras que dita
Elas irão persistir
Enquanto a dor resistir
E agora é uma dor
Mas ontem, quando
Tudo era mistério
Eram cheias de amor
Mas eis que a verdade
Surge e o mundo se desmancha
E as lágrimas caem por dentro
Desmoronando os sonhos
E todas as esperanças
Mas, faz parte do grande plano
É a dor que quer surgir
Com seus tentáculos extensos e apertados
Mostrando sua força
Para aqueles que possuem a palavra
E todo o poder
De transformar as imagens
Um grande monstro de olhos verdes
E sorriso maléfico
Em um anjo de asas brancas
Que, tocando sua harpa
Encanta os sorrisos perdidos
Este é um coração de poeta
De palavras e sonhos
De caminhos e perdidos
De mentiras e verdades
De realizações para aqueles que viveram seus infernos
E uma ilha calma para aqueles que foram expulsos
De suas terras,
Onde todo o sonho se tornava pesadelo
Onde todos os dias,
Com dor ou felicidade
Vale a pena sorrir!!!
Este é o coração de poeta
Que um dia, disse que seria bom morar nele
E que hoje, percebeu
que não seria bem assim
mas tudo bem,
nascemos para sermos sozinhos
amantes da vida e apaixonados pelo amor.
Adriano Villa


Poesias românticas de amor

Deixe-me te amar como precisa,
Prometo lhe entregar todo meu amor
Enche-la deste meu calor
E transformá-la em uma estrela
Para iluminar o céu que caminho sob
Pela necessidade de um mundo apreciar
Que aprendi a contemplar
Através de seu belo olhar.
Deixe-me ser tudo aquilo que sempre desejou
Deixe-me tentar alcançar tudo que sempre quis
Desta maneira, sei que seria muito mais
Do que simplesmente um dia fui.

Te quero agora e amanhã também
Te quero todo instante e para sempre também
É um tipo de necessidade
Algo que não passa, que não vai e vem
Isso só pode ser o que muitos chamam de amor
É o que pode explicar esse constante ardor
Essa necessidade sufocante de estar perto de você
Por achar de alguma maneira, que é o mais certo
Acho que desta vez, as coisas foram longe demais
Mas, tudo bem, se eu soubesse que amar seria assim
Teria me deixado levar há muito tempo atrás
Apesar que, quem verdadeiramente importa não estaria perto de mim: você
Adriano Villa


Poema do dia da enfermagem

Durante muito tempo,
Aos estudos se dedicaram
Aprendendo os segredos do corpo
Para também curar a alma
Não é apenas as dores
Que dilaceram
Mas a falta de alguém
Para ouvir o que temos a dizer
E vocês, com seus sorrisos
E sua eterna paciência
Fazem de tudo para deixar melhor
O que parece tão pior
Por isso:
Alô enfermeiras!
Parabéns pelo dia da enfermagem
Por toda dedicação e amor
Para a sua profissão
Vamos lançar ao alto todas as bandagens
Simplesmente para comemorar
Profissionais que trabalham
Dia e noite
Para o paciente melhorar
Que Deus ilumine seus dias
E que o sucesso traga
O prazer de melhor sempre atender
Expulsando das pessoas o seu sofrer
Lutando contra forças
Que querem nos ver morrer
Feliz dia das enfermeiras
Para vocês que trocam a noite pelo dia
E o dia pela noite
Que não conseguem passar o tempo
Que desejam com aqueles que amam
Pois o dever escolhido as chamam...
Adriano Villa


Poema para catequista

Agradecemos a Deus
Por ter preparado
Pessoas como vocês
Prontas para ajudar

E nos guiar
Nos mistérios do Senhor
Com alegria
E muito amor

Nos ensinaram os primeiros
Passos ao encontro
De nosso Salvador
Que louvamos com ardor

Obrigado, catequistas
Pelas palavras
E por participar
Inventar histórias

Para nos ensinar
De maneira fácil
E singular
O verdadeiro sentido de Deus amar.

E por todas histórias
E por todo respeito
E por todo caminho
E por todo carinho

Obrigado catequistas
Pelas palavras e
Pela conquista
De um lugar especial em nossos corações.
Adriano Villa


Poesias de amor em árabe traduzido

Meu amor, sinto a necessidade
De estar ao seu lado todo tempo
Que nosso Deus posso nos traz
A paz que tanto queremos.

Vamos cumprir os votos
E para sempre serei apenas sua
O amor falará mais alto no coração
E ao seu lado, caminharemos adiante

Seja para mim, a estrada
A placa que mostra o caminho
O amor e, jamais me deixe sozinha
Pois sem a luz de seus olhos

Jamais poderei novamente me encontrar
Seja em minha vida a perfeição do desejo
O momento de um beijo, que nos entregamos
Com todo amor e respeito.
Adriano Villa


Pequenas poesias de conquista

Se você me der uma oportunidade
De tocar sua alma como ninguém
Nunca tocou, poderei mostrar o amor
E todo meu calor em um único segundo
E neste momento, seremos o nosso mundo.

Se você se tornar a minha mais bela flor
Prometo todas as manhas regá-la com meus beijos
Se você se tornar a minha estrela brilhante
Prometo todas as noites, ser o seu poeta cantante.

Não existe maneira de explicar, é um desejo
Uma necessidade de seus beijos, pois sem eles
Percebo que nada pode ser realmente igual
E tudo que mais desejo é ter um amor especial.

Quem me dera poder lhe mostrar o quanto lhe quero
E quanto o meu sentimento é verdadeiro e todo seu
Nasceu de um olhar, de um segundo do meu bem querer
Pois foi ao seu lado que descobri que poderia crescer.
Adriano Villa


Poemas de amor para esposa

Quero que saiba que não queria ninguém além de você ao meu lado
Você é uma das melhores coisas que aconteceram em minha vida
Que me encantou e que me mantém até hoje apaixonado.

Minha querida e maravilhosa esposa, neste aniversário de casamento
Quero informar que o sentimento não continua o mesmo
Pois é, eu jamais imaginei que cresceria ainda mais
Da mesma maneira que a necessidade de você sempre estar por perto.

Apesar dos anos que já passaram e que não voltarão mais
Ainda sinto aquela saudade adolescente do tempo
Que nosso sentimento estava apenas engatinhando
Olha que interessante, tantos anos e nós ainda nos amando.

Você não é apenas a minha esposa, mas também mãe e namorada
A flor mais rara, que tive a sorte de esbarrar em um momento qualquer
Que conseguiu transformar em especial, justamente por aparecer
E transformar um sujeito normal, em alguém mais que especial.
Adriano Villa


Poemas de tia para sobrinha

Querida sobrinha, faz muito tempo que não nos vemos
E quero que saiba, que estou doida para te ver mais uma vez
Saiba que a titia te ama e que já está ansiosa por sua chegada.

Minha querida, quero que saiba que é sempre bem-vinda
Para ir, para voltar e até mesmo para ficar
Saiba que todos te amamos e todos queremos
Que você esteja mais próxima de nós todos os dias.

Sinto saudades, do tempo que era criança
De suas risadas e de todas suas lambanças
Sei que a vida nos distanciou a muito tempo
Mas agora, finalmente, nos reveremos
E que celebremos a saudade deste lindo momento.
Adriano Villa


Poemas de bodas de prata

Vinte e cinco anos não são vinte e cinco dias
Porém, tenho vinte e cinco razões para sorrir
E nestes vinte e cinco anos de casados
Acredite meu amor, ainda agradeço por você existir.

Obrigado por todos esses anos me ensinando a amar
Enquanto lhe dava exemplos de como tolerar
Sei que ninguém é perfeito, mas você com seu jeito
Me faz refletir e muito na possibilidade de seus defeitos.

As pessoas nos parabenizam pelas bodas de prata
Mal sabem o quanto nos esforçamos até chegar aqui
Quantos mares revoltos atravessamos a nado
Quantas noites em claro, passamos sentindo a dor no coração
Algumas pessoas acham que o amor duradouro
É uma espécie de paraíso, mal sabem que na verdade
Nada mais é que o amor verdadeiro que rompe todas as fronteiras.
Adriano Villa


Poema do dia do diretor

Parabéns para você

Que tem como ocupação

Ser o indicador da direção

Aquele que indica

Que segura e

Que junta

Todos em um único lugar

Que precisa estar atento

Para todas as situações

Que acontecem em todos verões

Parabéns a você, diretor

Pelo oficio de amor

Que tens na mão de guiar

Para nos ajudar a

Sempre melhorar

Que neste dia especial

Saiba que realmente

É alguém fundamental

Para que tudo continue

Seguindo o fluxo natural

Sabemos que no fundo

É boa gente

E que se é bravo em alguns momentos

Dá suas broncas

Escondendo seu verdadeiro sentimento.
Adriano Villa


Poesias pequenas para mães

Obrigado minha querida mamãe, por me trazer ao mundo
Graças ao seu amor, aprendi a caminhar por ele
Quero agradecer por todos os momentos que esteve por perto
Sempre me ajudando a dar os passos certos...

A senhora é a melhor mãe de todo mundo
Quero agradecer pela paciência e por seu amor
Por todas as noites em claro que me esperou
E por ainda me considerar seu filhinho
Mesmo eu já com todos esses aninhos...

Hei mãe, eu não tenho uma guitarra elétrica
E digo sempre tudo que quero dizer
Sabe por que? Por que quero aproveitar
Cada momento que a senhora me proporcionou
De estar neste mundo lindo
Obrigado por dar luz aos meus olhos
E seu amor ao meu coração...

Mamãezinha do meu coração, sabia que te amo?
Sabia que a senhora é a luz do meu caminho?
A razão de todo este meu carinho?
Sabia que para mim não existe ninguém mais linda
Do que você, minha mamãe querida...
Adriano Villa


Todo apaixonado é poeta

Tais palavras nascem
Do manancial do desejo
Que sussurra seu nome
Sedento por um beijo

Tais palavras florescem
Quando seus olhos se abrem
Como se fossem dois sóis
Mirando meus girassóis

Tais palavras irradiam
O brilho estelar
Que no seu sorriso habita
E que não posso negar

É o mais belo de todos
O ponto que preciso alcançar
O céu que existe um céu
E que anjos, descem ao léu...

Tais palavras brotam
Afloram quando me olha
Quando me toca, sinto a vida
E me cura, todas as feridas

Tais palavras ecoam
No coração do poeta
Que desperta
Quando você está

Pois sem você
Não existe melodia
Qualquer poesia
Muito menos, o próprio dia...
Adriano Villa


Todas as poesias do mundo, dedico a você

Desde os poetas do primórdio
Das pinturas nas cavernas que registravam o amor
Eu dedico cada uma a você meu amor
Por não saber como descrever o que sinto...

E sinto, por não saber como, as palavras não vem
Pois tudo que penso é tocar em você
Mergulhar em você, estar ao seu lado a cada momento
Vivendo este sentimento, e quando estou longe

Eu sonho e proponho, que você fique por perto mais um instante
Para que eu possa lhe dedicar todos os meus preciosos minutos
Que até então não eram, só tornaram-se valorosos
Pois vejo que vê em mim muito mais do que eu vejo

E eu desejo, e eu quero e eu preciso e por isso te dedico
Todos os poemas do mundo, pois ainda tenho esperanças
Que algum poderá dizer o que verdadeiramente sinto
E como sinto, quando você me toca, me beija e me torna seu...

Adriano Villa