Meu Pecado Preferido

Compartilhe

Estou perdido de amores por ti
Mas ainda nem senti teu corpo
Nem provei teu beijo,
Apenas tua imagem em meus desejos,
Segue tua silhueta no horizonte.

Tu és o fogo que minhas veias incendeia,
A luz que meus passos, ilumina,
Seduz e alucina
Meu doce perigo.

És como uma canção,
Ao vento, imaginária,
Dissipando a solidão.

Como uma cascata de águas cálidas,
Seguindo seu curso lentamente.

És meu fruto proibido,
O jardim onde não posso entrar,
És o meu sonho escondido,
Que a realidade vai mostrar,
És o meu pecado favorito.

Autor(a) da mensagem:
Mensagem lida 10667 vezes.

Meu Pecado Preferido